Taiwan

12/12/2017 07:51

8 a 10 de dezembro de 2017

 

Dia de ir para Taiwan

Caique é Minha Irma cecilia me levaram de carro a noite.  No guichê da Ethiopia arlines o momento mais tenso da viagem . Como não comprei passagem de volta quase não pude embarcar . E aí tive que tirar o computador que havia na mochila , me conectar e comprar a passagem de volta. Ufa!!!   Minha amiga Vanessa que tinha ido a 3 meses atras não precisou comprar a passagem de volta por isso nao havia comprado .Ainda tive que pagar pela bicicleta U$100, pois diziam que era Equipamento esportivo, apesar de estar toda embalada em sua mala bike .Tudo certo e segui viagem até Etiópia  na África . No avião torcida do Gremio, que foi campeã da libertadores da América ia para Dubai ver possivelmente Gremio x Real Madrid ( que foi campeão da Europa). Juntava- se a eles outros campeões do continente para fazer um rápido mundial . Fui viajando ao lado de dois asiáticos em um assento cada vez menor. Quase 12 horas de viagem , porém tranquila . 

Cheguei no Aeroporto , muito bonito com muitos muçulmanos e aguardei por 2 horas antes de pegar outro voo para Hong Kong. Segui tranquilo na viagem , dessa vez por 10 horas e na janela .  Três refeições a bordo foram servidas. E novamente pela Etiópia Airlines . Ótima companhia com suas elegantes aeromoças Africanas é muito bom atendimento.

Depois me disseram que não precisava sair do Avião pois ele iria pegar outros passageiros e seguir para Taiwan . Tava eu relaxado quando uma funcionária chegou até mim e disse que tinha que pegar outro avião pois o que eu estava iria para Corea.

Sai eu pelo Aeroporto de Hong Kong e foi a primeira vez que senti que estava tão longe e me emocionei . Depois passei por  um guichê para conferir passaporte, visto e carta do curso de aceitação de Mandarim.

E segui para outro avião , na janela agora.

Serviram um lanche em uma linda caixinha que parecia até para presente . Dentro havia uma espécie de folhado de frango, uma caixinha de suco de limão e um biscoito . Era tudo tão bonito que fiquei com pena até de abrir.

Chegando , finalmente , em Taiwan . Já não sabia que dia era . Ainda tive que esperar Vanessa, a Equatoriana que havia conhecido em Quito em minha viagem de bike pela América do Sul,por uns 40 minutos . Nos abraçamos e ficamos conversando . Dei seus presentes e ela disse que ia visitar filipinas  por 10 dias do curso de Mandarim. Ficamos mais três horas juntos, ela embarcou e eu segui esperando um pouco no Aeroporto antes de pegar o ônibus para Tainan a 4 horas de Taipei, onde eu estava.

No Aeroporto um susto. Comemos em Subway uma cadeia americana de sándwiche que tinha também no Brasil. Sentamos e eu deixei minha mochila ao lado de onde estávamos sentados e na saída esqueci lá . Havia tudo dentro dela . Computador , passaporte ...

Fui levar Vanessa pegar sua passagem e no caminho me deu conta que estava sem a mochila . Corri e ela estava no mesmo lugar . 

Cheguei em Tainan 5 da manhã . Depois peguei um táxi e pagar com dólar taiwanês que havia trocado com minha amiga no aeroporto. 

Trajeto curto depois de mostrar o endereço ( em Chinês) para o motorista.

Cheguei no alojamento esperei um pouco e toquei a campainha . Depois veio um Taiwanês porteiro me receber. Não sabia se haviam feito a reserva para mim. E depois de conversar um pouco ele tirou uns papéis em Chinês Mandarim e em seguida um outro com dois nomes , uma aparentemente Russa e o meu nome é eu aliviado disse sim sou eu. Ele me levou até o quarto subindo 5 andares . Levou minha bicicleta embalada na bolsa e eu a mala de roupa e alforge .  

Dentro do quarto parecia até hostal . Somente um quarto junto com a sala e o banheiro . A internet tinha que ter um cabo de rede, como antigamente  e tive que comprar . A TV não consegui ligar . A cama não havia lençol e eu tinha esquecido a toalha de banho. 

Sobrou a opção de dormir . 

A cozinha e máquina de lavar louça era no primeiro andar para ser compartilhado com os estudantes que viviam no prédio . O meu curso de Mandarim seria em uma Universidade.

 

11 a 17 de dezembro 

 

Uma semana em Taiwan . Uma loucura . Tudo diferente . O que acostumei mais rápido foi a comida . Salada de fruta na barraquinha a R$3. No almoço hora de comer de palitinho. Enroladinho de repolho con peixe, ovo, cenoura, tofu. Você escolhe e no final ele conta o que você colocou no prato e diz o valor. Não há balança . Quando passa de R$12 já acho caro  e mando tirar um ovo.

Acompanha um caldo . 

Taiwan é tigre Asiático . As pessoas não param nunca . Inclusive tudo aberto sábado e domingo . Não sei como aguentam . O país se desenvolveu rápido em 30 anos saindo do nível que era o Brasil a uma potência econômica e tecnológica . Não há violência , insegurança . As ruas são limpas . Difícil achar lixeira. Tudo é escrito nos carácteres milenares Chineses. E a romanização do Mandarim para podermos entender o Chinês mesmo não entende nada . Na verdade é Taiwanês e eles apesar de ter a cara de Chinês não gostam muito da China . Pela tal política de independência que até hoje se briga .

Gosto de caminhar pelas ruas para conhecer . Meu fuso horário ainda está muito louco . E acordo de madrugada . Durmo a tarde , mais espero me acostume logo .

Apesar da aula ainda não ter começado no curso de Mandarim vou estudando de várias formas sozinho . YouTube , musicas, livro do curso que comprei antes, exercícios de caligrafia , aplicativos , etc. 

 

No início prefiro não ir muito para longe para não se perder . Aqui pouca gente fala inglês . Vou me virando.

 

18 a 23 de dezembro

 

Segunda semana em Taiwan . Início das aulas. Classes todos os dias de segunda a sexta . Minha turma tem jovens de Vietnam, Coreia é uma americana . 

Também tenho classe de caligrafia Chinesa, pintura Chinesa, tai chi. Vanessa também chega e passamos juntos muito tempo quando não estamos em classe . Ela está na classe B, e eu na A, pois chegou antes em Taiwan. 

Uma das aulas foi visitar o bonito templo de Confúcio( filósofo Chinês de grande importância na cultura chinesa). 

 

 

 

4 a 30 de dezembro de 2017

 

Terceira semana em Taiwan

Já estou acostumado com a comida e fuso horário.  Como quase sempre salada de fruta no café da manhã e almoço mais proteína com tofu,ovo, enroladinho de repolho, cenoura e uma massa que escolhemos. Tem sido dias de muito  estudo. Além de aula todos os dias ainda tem classes extras de  gramática, pronunciação, caligrafia Chinesa, pintura Chinesa, carácter Chinês e tai chi. 

Quase desisti, porém depois resolvi ir para aula particular, pois na minha sala só tinha oriental e para eles é muito mais fácil aprender Mandarim principalmente os carácteres. 

E eu ficava muito lento para trás  quando a professora falava . 

Fui a secretaría e falei com a professora, funcionária e coordenadora do curso explicando o que se passava . As classes privadas( particulares ) estavam cheias e ela não garantiu que teria professora para me atender  e disse para eu exprese uns dois dias para me dar a resposta. 

Sexta feira depois de fazer uma aula de Taichi( mistura de arte marcial, dança com movimentos muito lentos) para relaxar com um mestre de 80 anos que só falava em Chinês . Em um lindo parque cercado de maravilhosas árvores gigantescas.  Depois de duas horas, no final da aula recebi  um email positivo de confirmação de aula particular das classes normais de Mandarim Ufa! me senti aliviado. Pois já estava pensando no plano B, que era continuar minha viagem de Bike pela China e Ásia. Aqui é muito comemorado o natal e o ano novo também não , pois eles têm o ano novo chinês que acontece em fevereiro. Mais irei com Vanessa a capital Taipei ver os fogos. A temperatura é ótima, pois é inverno e Bom pra para dormir . Na casa de uns 15 graus. Fui com Vanessa e sua amiga Taiwanesa em um museu em uma ex fábrica de açúcar . Lá teve performance de tambores, lindo espaço aberto, atividades como bubble jump, escalada indoor. Muitas crianças e família e vimos um lindo por do sol . A noite fomos na casa de amiga de Vanessa  que nos convidou para o jantar de sua mãe. Uma farta mesa com camarão, carne de porco, arroz, legumes, sopa e de sobremesa uva, maçã e no final bolo. Uma família bem legal . 

 

31 de dezembro de 2017

 

Día especial. Último día do ano e fomos por volta de meio dia (eu e Vanessa para a capital Taipei). Quase perdemos o ônibus porque justamente hoje Vanessa resolveu lavar roupa. 

Entramos no ônibus com um forte cheiro de urina. Que passou logo iniciou a viagem. 

Havia Wi-Fi e uma mini TV em cada acento. Levou umas 5 horas para chegar a Capital de Taiwan. Como chegamos atrasado no ônibus não almoçamos. E chegamos na rodoviária com fome. Tava lotada e comemos um salgado. Depois compramos uma comida. Não estava muito boa. Mais deu para encher a barriga. Depois pegamos o metrô e fomos passar o réveillon com o pessoal do couchsurfing na praça , com uma ótima vista para o cartão postal Taipei 101, o prédio de 101 andares que já foi considerado o maior prédio do mundo. 

Estava frio, umas 500 pessoas esperavam os fogos que ia sair do prédio, lembrando o meridian em Copacabana  no Rio.

 

Depois voltamos e fomos dormir no aeroporto . Pois nao tínhamos onde dormir. 

 

 

07 de fevereiro

As aulas particulares estão sendo muito boas . Estou sentindo que agora estou aprendendo de uma maneira que desfruto  na NCKU. As aulas de classe eram uma loucura e foi bom eu ter trocado. 

Ontem teve um terremoto de 6.4 graus em Hualien , a 500km daqui. Vanessa disse que sentiu um pouco se mover o colchão mais eu não senti . 

Renovei o meu visto pela primeira vez. Já fazem quase 2 meses que estou aqui . 

 

09 de fevereiro

 

 

Hoje foi um dia engraçado . Fui dar um pedal mais longo e encontrei uma mega academia e resolvi entrar para ver e perguntar o preço . Eu já tinha trabalhado em academias grandes e queria ver . Deixei minha bike a fora de corrente e entrei , me pediram telefone para retornar e eu não tinha , depois um funcionário que si falava Chinês veio até mim e me levou para visitar o ginásio . Gigante , com diversos equipamentos e salas tão grandes que nunca vi tão grande . Ia me explicando em Chinês tudo. Depois me levou para uma sala para me explicar os preços . Como não falava bem o inglês chamou outro e mais outro . O contrato tinha que ser de 1 ano mais eu queria ficar só 6 meses . 

 

15 de fevereiro

 

Véspera do início do ano novo Chinês . Muita gente vai viajar e outros passam com sua família em casa. Dura 6 dias a festa . Cidade vazia . Fui pela primeira vez à praia . 10 km de Bike com Vanessa . Dia quente e ótima praia . Água quente e sem onda. Só que por aqui a moda não é mergulhar . Is Taiwaneses com corpo todo coberto só vão tirar foto na praia  e depois ir embora. A moda aqui é ficar branquinho e uma estava até com guarda-chuva . 

 

11 a 15 de março

 

Última semana de férias do curso de Chinês . Primeira viagem de Bike por Taiwan. Vanessa fazendo sua primeira viagem com uma Bike emprestada da faculdade . Muito enferrujada mais de modelo Giant sem câmbios . 

Íamos pelo Sul de Taiwan, de Tainan até Kenting a 170 km.

Levamos barraca nova , made in Taiwan , carregador solar . Temperatura ótima , com sol . Íamos quase toda a viagem pela rota  17 costeando o mar. 

Saímos depois do almoço tranquilos e acampamos em um lindo parque , em uma pizzaria abandonada . Muito tranquilo acampar em Taiwan , seja por sua tranquilidade , seja pela ótima rota em que há a pista de carros e camiões e outra ou só para motos e Bike  ou só para bikes. Os carros também respeitam os ciclistas . O trajeto também foi legal pois era somente plano . É uma rota muito conhecida por viajantes . E encontramos muitos cicloturistas no caminho . E paramos para conversar . Japoneses, Chineses , Taiwaneses . E até crianças com adultos . 

 

Ajudou também não ter furado o pneu . No final chegamos a kenting a noite e acampamos em uma linda praia de frente para o mar . Dormimos com o som das ondas e acordamos com o mesmo som das ondas e dos passarinhos . Vanessa adorou e ficou encantada como é fácil conhecer pessoas quando se viaja em Bike e pela família de cicloturistas que se encontram , ajudam uns aos outros e paramos muito para conversar . 

 

1 a 5 de abril

 

Dia de fazer minha primeira viagem de bike pelo norte de Taiwan. Sai domingo pela manha. A rota é bem sinalizada com placas em ingles e otima estrada. Lindos lugares e otimas fotos. 



Contato

dobrandolando